under2RP

Uma sala com centenas de tesourinhas de arremate super afiadas apontadas para a sua cabeça. Uma cena saída diretamente de um pesadelo costureiro vira realidade na instalação da artista plástica Beili Liu.

Ela une retalhos em ponto caseado, sentada logo abaixo às tesouras, cerzindo calmamente e com precisão. Os visitantes da exposição são convidados a cortar retalhos de tecido branco e os mais corajosos adentram o espaço coberto pelas tesouras para oferecer a ela mais material, que irá formar uma espécie de nuvem branca em torno da artista.

handsCC

The Mending Project” é o nome desta intrigante e costureira instalação, feita em 2011 para a organização Women & Their Work, que promove mulheres artistas em Austing, no Texas.

Vale a pena ver o vídeo com o relato da própria Beili sobre o que a inspirou na criação desta instalação. Me emocionei bastante com as fotos, com o jeito que ela tratou este tema tão atual e antigo da relação da mulher com o artesanal, as tarefas “””femininas””” e o constante medo e pressão a que estamos sujeitas todos os dias.

Apesar da artista retratar principalmente o medo, também me imaginei chegando em casa depois de um dia daqueles, onde as tesouras da vida mais parecem me espetar na cabeça. Em dias assim, quando não faço o roteiro “banho quente-chá-cama”, me agarro a um retalhinho e começo a costurar. Parece que por alguns momentos consigo sentir um pouco de tranquilidade e propósito em meio ao caos da cidade e dos problemas do mundo. Apesar do medo constante – que não desaparece por completo -, há uma certa paz em realizar um trabalho manual e criativo.

Viajei um pouco (risos)? Dá uma olhada nas outras instalações da Beili. Ela adora trabalhar com linhas e retalhos, tenho certeza que você irá ver, sentir epensar os alinhavos de outro jeito!