Quando o assunto é máquina de costura, opções não faltam no mercado. São muitos tipos, modelos, funções e marcas, cada uma mais moderna do que a outra. Sou fã número um da praticidade, mas confesso que tenho um lugar especial guardado no coração para as máquinas de costura antigas.

Sabe aquelas pretinhas (ou coloridas) de metal? Com gabinetes de madeira e pés de ferro trabalhados, elas me conquistam e trazem muito mais benefícios do que apenas a nostalgia. Quer ver só?

maquinas-antigas
 
Vantagens das máquinas de costura antigas:

  • Por terem estrutura de metal e uma base sólida, são mais robustas, costurando de tecidos finos a super grossos e várias camadas. Isso também dá estabilidade, evitando aquele “balanço” que as máquinas portáteis fazem
  • São muito fáceis de consertar. Por terem todas as partes mecânicas e estrutura semelhante, quase tudo pode ser reformado, consertado ou passar por um “upgrade”. Elas são o fusca da costura (risos)! Isso barateia a manutenção com relação às máquinas computadorizadas
  • Elas têm história! Seja aquela máquina da família ou comprada em loja, elas têm um passado repleto de costurices. Quem tem um coração meio mole (feito o meu) começa a imaginar o que as costureiras anteriores já fizeram com as mesmas engrenagens. Cada peça nova faz parte de mais uma página dessa história. Não é demais? Eu acho!

 
maquinas-antigas2
 
É claro que, como tudo na vida, há sempre um lado negativo também. Elas são mais barulhentas e ocupam mais espaço, além de terem recursos limitados. Eu não ligo muito pra isso! Pra mim, o ideal é ter uma máquina modernosa com vários pontos legais e uma antiga, mais robusta e com o essencial para “pegar no pesado” quando eu sentir necessidade.

Gostou e quer comprar uma máquina de costura antiga? Então tá.

Dicas para comprar uma máquina de costura antiga na internet

  • Escolha um site de classificados no Brasil que seja de sua confiança
  • Pesquise nos sites dos fabricantes, em blogs e fóruns de costura por modelos que você goste antes de pesquisar com os vendedores. Assim você já sabe o que quer e fica mais fácil encontrar uma máquina com a sua cara.
  • Opte por comprar de um vendedor que more na sua cidade. Se houver algum problema, é mais fácil encontrá-lo depois e você economiza no frete
  • Imagens valem mais do que palavras, certo? Solicite fotos de todos os ângulos da máquina, peça para visualizar os cabos, pedal e até mesmo o interior da caixa de bobina, para ver se está tudo em perfeito estado.
  • Pergunte tudo: se está funcionando, se tem alguma avaria, se vem com acessórios e manual originais e passou por alguma revisão ou conserto recentemente
  • Se possível, marque com o vendedor de efetuar o pagamento na retirada, assim dá para testar a máquina com um retalho de tecido antes de comprá-la. Aqui é a hora de checar o gabinete. Fuja se estiver com resquícios de cupim ou ferrugem!
  • Tenha o telefone de um bom mecânico salvo em sua lista de contatos. Um “check up” anual é bom para qualquer tipo de máquina, principalmente quando você começa a costurar em máquinas antigas. Elas vão precisar de manutenção e muito amor para continuar fazendo muitos pontos por aí!
  •  

    Se gostou da ideia de ter uma máquina cheia de vida e muito charme, corra já atrás da sua! Resgate uma máquina de costura da família, procure uma loja de máquinas antigas, um bazar ou loja virtual. Escrevam juntas mais um capítulo da história de vocês e depois me contem aqui, tá?

    2 Comments on O charme irresistível das máquinas antigas

    1. Letícia
      30 julho, 2013 at 15:20 (4 anos ago)

      Estou me aventurando nas costurices há alguns meses, e dei bastante sorte por ter uma mãe e uma avó costureiras KKK eu trabalho agora com uma Singer de 1995, e minha avó tem uma dessas pretas enormes em casa, mas nela eu nunca mexi – por enquanto, haha. Gostei de saber que elas são boas Quem sabe eu herdo alguma dessas e compro uma toda moderna? Seria uma boa também. :3

      Responder
      • A costureirinha
        4 agosto, 2013 at 13:07 (4 anos ago)

        Oi Letícia! Olha, difícil uma máquina de costura ser ruim. O que vai diferenciar uma da outra são as funções que são úteis ou não para a sua necessidade, entende? Me diga o que quer costurar e o modelo das máquinas que você tem em casa que eu posso te dar alguma dica!

        Em todo caso, costurar com máquinas da família é tudo de bom! Bem-vinda às costurices!

        Um beijo,
        Elisa

        Responder

    Leave a Reply

    Your email address will not be published. Required fields are marked *

    Comment *